sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

The Regular Show e suas referências!!!



Muitas são as referências que o cartoon apresentou ao longo de suas sete temporadas e somando até agora 209 episódios e mais um longa lançado em novembro de 2015 e juntando curtas independentes promovendo assim a série. Suas referências que vão desde aos filmes Mad Max, Guerra nas Estrelas, The Warriors, De Volta para o Futuro, Máquina Mortífera, Evil Dead, Os Suspeitos aquele do Keyzer Soze, Um Morto Muito Louco, Indiana Jones e a Última Cruzada, O Terno de 2 Milhões de Dólares, Os Aventureiros do Bairro Proibido, Miami Vice a série com o Don Johnson e também a da Laura Palmer (Twin Peaks) e mais uma porção de especiarias feitas nos anos 80, tanto em matéria de cinema quanto em matéria de games (Double Dragon, sim vocês leram isso!! O videogame Sega Master System, e o famoso RPG Dungeons and Dragons), músicas (Em um dos episódios toca Mountain com a música Mississipi Queen, I Ran da banda Flock of a Seagulls, Party All the Time do Eddie Murphy) costumes, gírias e até caracterizações exageradas que permearam toda a década até o começo dos anos 90, que é onde a série se situa.
Mas nossa análise em especial vai para um filme dirigido em 1988 pelo mestre John Carpenter, na qual eu tenho um carinho profundo por ele, o filme They Live – ou melhor, Eles Vivem, baseado no conto “Eight O’Clock in the Morning” escrito por Ray Faraday Nelson e publicado em 1963, onde extraterrestres se infiltram no planeta terra e tentam escravizar a raça humana, e que somente através de óculos especiais conseguimos enxergar o verdadeiro plano diabólico para dominar o planeta. Mensagens subliminares escondidas atrás de um consumismo desenfreado da Era Reagan. Obedeça, Case e Reproduza, Durma.... e por ai vai. Quem já viu sabe muito bem a capacidade do filme mostrar a bestialidade do capitalismo em que vivemos e do modo de vida que levamos ocasionado pela crescente globalização.
Em um episódio da Terceira Temporada intitulado “Cool Bikes” ou “Bicicletas Descoladas” nossos queridos personagens principais, Mordecay e Rigby tentam ser os mais descolados do parque, mas caem no erro de ser “cools” ao extremo e vão ser julgados pela galáxia por excesso de “bacanice”. A referência em questão aí, vai nos remeter ao filme citado anteriormente, exatamente faltando 1 minuto e 14 segundos para o final do episódio, em uma cena de fuga onde nossos anti-heróis junto com gerente do parque, Benson, aparecem com as tais bicicletas correndo em direção a um portal tridimensional de teletransporte, semelhante ao que é mostrado no filme do mestre Carpinteiro e em uma cena impagável também idêntica ao filme, na qual Rigby joga uma “bike descolada” em uma antena (Antena que aparece no final do filme e o personagem John Nada a destrói, interrompendo o sinal e acordando todos para a realidade em que estavam vivendo) destruindo-a, ao mesmo tempo em que o local em que eles estavam explodisse,  que é uma estrela da morte bacanuda de óculos escuros.
Enfim, dá para perceber que são situações surreais e inesperadas que permeiam todos os episódios, parece mais que o parque está localizado em baixo de um portal para outros mundos, ou se o parque é um portal para outras dimensões. Vai saber!! 

Obs: a porcaria do Youtube bloqueou o episódio que eu tinha upado, portanto, colocarei apenas imagens. Obrigado Youtube de bosta!!! Porque não bloqueia as porcarias dos vídeos da Anita, do Wesley Safadão e congêneres!!







quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

The Hateful Eight (Soundtrack)

The Hateful Eight (Soundtrack)  

Para fazer o download da Trilha é só clicar em cima da Figura!! Boa música!!!

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

TOP 10 Spaghetti Western

Enquanto todo mundo está comemorando os 30 anos do filme dirigido pelo Robert Zemeckis, indo ao contrário de todo mundo, vamos colocar hoje uma lista dos 10 melhores filmes de faroestes spaghettis, segundo esse que vos escreve.
Fazer uma lista é muito complicado, seja pelo gênero, ou pela sua importância, aqui não existe uma ordem correta de preferência mas sim os meus preferidos, então vamos lá!!!


Il buono, il brutto, il cattivo - Três Homens em Conflito (1966)


Il Grande Silenzio - The Great Silence (1968)


Navajo Joe - O Pistoleiro Implacável (1966)


I quattro dell'apocalisse - Os 4 do Apocalipse (1975)


Per un pugno di dollari - Por um Punhado de Dólares (1964)


La Resa dei Conto a.k.a The Big Gundown - O Dia da Desforra (1966)


Keoma (1976)


C'era una volta il West- Era Uma vez no Oeste (1968)


Django (1966)


Django il Bastardo - Django o Bastardo (1969)